Diário de Bordo - LONDRES

13:13 Maria Aline Tavares 4 Comentários


Eiii meu povoo! Aqui é Aline Tavares e hoje eu vou de LONDRES, vulgo cidade cinza! Apesar do céu não colaborar na maioria das vezes, sempre nublado, tudo é incrivelmente lindo! A todo momento lembramos de algum filme dentre milhares que foram gravados aqui como Sherlock Holmes, Um Lugar Chamado Notting Hiil, Peter Pan, O Diário de Bridget Jones e principalmente HARRY POTTER! Que sou muito fã alucinada!


"Te ligando de um orelhão"

Antes de ir, fiz uma boa pesquisa sobre os pontos turísticos que gostaria de conhecer, quanto iria custar, onde me hospedar, foi quase uma monografia, dia e noite, noite e dia. Para aproveitar melhor o passeio, é bom fazer esse planejamento, inclusive com o gasto, já que Londres é uma das cidades mais caras do mundo.

Westminster Cathedral

Methodist Central Hall - Igreja metodista em Westminster

Primeiro passo: Em que podemos economizar? Devemos pensar qual é a nossa prioridade numa viagem! Eu, particularmente, gosto de conhecer o interior dos famosos monumentos locais. Então comprei o London Pass, um cartão para mais de 60 atrações turísticas (sem esperar na fila), tours gratis, descontos em restaurantes e por aí vai...


Acompanha um mapa da cidade, um livro contendo informações sobre as atrações incluídas e um Oyster Card para entrar em metrô e ônibus. Mas ainda é preciso ver se compra-lo sera vantajoso pra você. Devemos somar os valores de entrada dos lugares que pretendemos conhecer e se for acima do valor cobrado pelo London Pass vale a pena! :D Pontos negativos: Não inclui London Eye, Madame Tussauds, Palácio de Westminster e St. Paul's Cathedral, umas das maiores atrações da cidade.


Confesso que grande parte da minha vontade em conhecer Londres era para visitar o estúdio de gravação do Filme Harry Potter, na Warner Bros Studio. AMO-ADORO! Até aí tudo bem. Quando fui comprar o ingresso pela internet: "Sei de nada, inocente!" porque só tinha visita disponível depois de 2 meses. Pra vocês verem que mesmo estudando essa viagem ainda levei uma rasteira. Procurei saber em todo lugar e no penúltimo dia achei uma empresa que fazia o tour mas já era tarde demais!

 


O lado bom de não ter ido para Warner Bros foi ganhar mais tempo para explorar a cidade, visto que eu perderia um dia, só para conhecer o estúdio que fica bem longe do centro. A conclusão que cheguei foi que isso fez a diferença. Foram 4 dias e ainda faltou visitar muitos lugares... Pense aí! Mas sempre tem que ficar alguma coisa pra voltarmos outras vezes, né?!

The Shard - Edifício em forma de piramide. Com 306 metros, é o prédio mais alto da Europa


A dica mais importante em Londres é se hospedar perto de uma estação de metrô. Eu me hospedei num hotel que fica a 5 minutos a pé da Oval Station e pra mim foi super tranquilo circular pela cidade. Só é preciso um pouco de atenção quando for mudar de metrô. É tudo bem explicativo com mapas por toda parte, e dentre alguns minutos já estava onde desejava.

UNDERGROUND - Metrô de Londres


Outra atração que sempre quis conhecer é Madame Tussauds, o famoso museu de bonecos de cera. Algumas estatuas parecem de mentira mesmo, porém outras são tão tão reais que assustam. São essas que valem a pena pelo todo o resto! Sempre me esbarrava em um boneco e pedia "sorry" achando que era uma pessoa. kkkkk Ainda entramos no estúdio fictício do filme Sherlock Holmes, fazemos um volta de trenzinho passeando por várias estatuas que contam a historia de Londres e assistimos um curta em 4D muuito legal! Entrada: £33,00 (comprando antecipadamente pela internet é mais barato).

Família Real - Príncipe Charles; Rainha Elizabeth II; Príncipe William; Princesa Kate

Miley Cyrus e Morgan Freeman

Lady Diana e o lindão Colin Firth <3

Próximo ao Madame Tussauds, encontramos a conhecida rua dos Beatles. A clássica foto atravessando a faixa de pedestres, para o álbum Abbey Road, foi tirada do lado de fora da gravadora Abbey Road Studios (que fica quase em frente a essa faixa) e não demorou nem 10 minutos, porque John Lennon, sempre apressado, não queria perder tempo com essas "besteiras" kkkkk O nome do álbum é o mesmo nome dessa rua, mas a intenção dos Beatles foi homenagear a gravadora que trabalhou com eles durante 10 anos.



Difícil tirar essa foto no meio da rua, viu?! Se até ELES, naquela época com menos trânsito e sendo famosos, tiveram que esperar, imagine hoje, com um tráfego doido de turistas pra la e pra cá o tempo todo. kkkkkk Um que imita a foto com 10 amigos; o sinal abre; correeee que la vem os carros; fechou; espera na fila; não para de chega mais genteee.

The Beatles na capa do álbum Abbey Road

No Bairro Kensington tem muita coisa pra fazer. Por sorte consegui pegar um dia de sol em Londres e aproveitei para conhecer o Hyde Park (entrada gratuita), um grande parque com lindas arquiteturas, o memorial da Princesa Diana, e... esquilos! Muitos fofos!! Surtei de felicidade!

Entrada do Hyde Park
 


Do lado do Parque fica o Kensington Palace, que foi residência das Princesas Margareth; Alice e Diana. Hoje, aberto ao público, funciona como um museu. exibindo fotografias e vestimentas usadas pela Rainha Elizabeth II e Princesa Diana. Vale a pena conhecer! Bem legal! Entrada: £16,30 (aceita London Pass).

Palácio de Kensington



Ainda no mesmo bairro, visitei o Natural History Museum (entrada gratuita) e fiquei maravilhada! Gente, surreal! Amei! Todos os assuntos do universo encontramos aqui! A uma pequena amostra de terremoto com chão se movendo e coisas caindo até dinossauros que se movem e rugem, nos transportando para Jurassic Park! (Essa é a sensação)! Foi um dos melhores lugares que conheci.

Museu de História Natural


Saindo do museu, tem uma pista de gelo para patinar e se quiser conhecer outro lugar tem o Victoria and Albert Museum (entrada gratuita) a alguns metros daqui.


Victoria e Albert Museu

Do outro lado da cidade, no bairro Barbican, visitei o Museum of London, que documenta toda a história de Londres. Interessante! Entrada: £8,00 (aceita London Pass).

Museu de Londres


A alguns minutos a pé do Museu, encontramos a lindíssima St. Paul's Cathedral (1677), onde foi celebrado o casamento da Princesa Diana e do Príncipe Charles, em 1981. Neste local foi construída a primeira igreja da cidade, feita de madeira, em 604 d.C. Entrada: £16,00.

Catedral de São Paulo



Continuei caminhando até chegar a Tower of London (1066), um enorme castelo que servia como fortaleza, prisão e residência real. Essa é uma das atrações mais incríveis de Londres! Parece que entramos numa grande cidade medieval! Podemos ver aqui uma pequena troca de guarda e vários museus fascinantes! Entrada: £22,50 (aceita London Pass)

Torre de Londres



Logo em frente a Torre de Londres está Tower Bridge. É surpreendente conhecer o interior dessa ponte! Linda vista panorâmica, exposição sobre a sua historia e muita emoção ao atravessar uma passarela feita de vidro. Não a confundam com London Bridge, a ponte vizinha. Tower Bridge foi construída para melhorar o tráfego da cidade em 1894. Ela também se abre ao meio para a passagem de embarcações. Entrada: £9,00 (aceita London Pass)




Visitei The London Bridge Experience que fica aqui pertinho. É uma atração de terror, com cenários, personagens, labirintos e muito mais! Ganhou 3 vezes o título de atração mais assustadora de Londres. Entrada: £26,95 (aceita London Pass)


O bairro Westminster é o grande point da cidade, onde estão reunidos importantes pontos turísticos! Vamos começar pelo London Eye! Até 2006, era a maior roda gigante panorâmica do mundo e se tornou um dos maiores símbolos de Londres. Ela gira tão devagar que eu sempre achava que estava parada. Mas ao entrar parece que o tempo voa (30min)! A gente perde a hora admirando um imenso espetáculo la de cima. A cor vermelha simboliza a Coca-Cola, sua patrocinadora oficial. Entrada: £24,35 (comprando antecipadamente pela internet é mais barato)



Ao lado do London Eye, no edifício County Hall (iluminado de azul), encontramos outras atrações como Shrek's Adventure, London Dungeon e Sea Life London Aquarium, onde fiz uma visita. Um aquário de três andares com exposição de animais marinhos e projetos de preservação ao meio ambiente. Entrada: £25,20



Do outro lado da ponte vemos o relógio mais famoso do mundo, o Big Ben, que só pode ser visitado por residentes britânicos, com uma lista de espera de quase 6 meses! Imagine se fosse aberto para todos?! Pelo menos ainda podemos visitar o Palácio de Westminster (House of Parliament), aquela grande construção colada ao Big Ben! Lá dentro está o Parlamento do Reino Unido (Câmara dos Lordes e Câmara dos Comuns). Entrada: £16,50




Outro monumento que me deixou perplexa, boquiaberta e hipnotizada foi Westminster Abbey, que fica ao lado do Parlamento. É o local da cerimônia de coroação do Monarca, e onde também foi celebrado o casamento do Príncipe William e Kate Middleton. Mais de 3 mil pessoas estão sepultadas nessa igreja. 17 monarcas e importantes figuras britânicas como Isaac Newton e Charles Darwin. Tente calcular o poder desse lugar! É proibido fotografar e eu nem tentei tirar uma escondida com medo de ser presa! kkkk Vigilância pesada! Entrada: £20,00 (aceita London Pass)



O Buckingham Palace, que fica a 15 minutos a pé do Big Ben, é a residência oficial do Monarca. Somente no verão é aberto ao público. Esse tour deve ser marcado com antecedência. No pátio do Palácio vemos a grandiosa troca de guardas. Na hora de mudar de turno, os guardas realizam um grande espetáculo com marchas, manobras militares e musicas. Acontece às 11:30h da manhã, todos os dias no verão e em dias alternados no resto do ano. Chegue cedo para ver!



Aproveite para conhecer St. James's Park (fica em frente ao Palácio) e siga adiante para chegar em Trafalgar Square, uma praça que memoriza a Batalha de Trafalgar (1805), uma vitória da Marinha Britânica nas Guerras Napoleônicas.



Aqui está o National Gallery (entrada gratuita), um museu de arte que abriga importantes obras de famosos pintores como Van Gogh e Leonardo da Vinci. Foi emocionante ver aquelas pinturas que só conhecia através dos livros nas aulas de artes.


A Cadeira - Girassóis, Van Gogh, em 1888


É muita realeza pra uma cidade só, né não?! Essa foi minha trip em Londres! Espero que o relato da minha viagem torne a sua ainda melhor! E pra quem já foi, complemente com a sua experiência também. Vou ficando por aqui e até a prooooximaa adventure!! Kiss kiss bye bye ;D


Eiii meu povoo! Aqui é Aline Tavares e hoje eu vou de LONDRES, vulgo cidade cinza! Apesar do céu não colaborar na maioria das vezes...

4 comentários:

Tâmara Lima disse...

Já quero ir!

Maravilhosa sua matéria! Muito boa e já me deu uma luz dos locais que irei quando eu for fazer meu intercâmbio.

Aline Tavares disse...

😍❤

Aline Tavares disse...

Fico feliz que tenha gostado!! Boa sorte com seu intercâmbio!! 😍