Diário de Bordo - CAPRI (Parte I)

10:30 Maria Aline Tavares 4 Comentários


Hellooo, people! Aqui é Aline Tavares, na foto acima, de chapéu, fazendo cara de ryca, na lancha, navegando o mar mediterrâneo. Nossa viagem de hoje vai ser sensacional! Sabe aquele lugar tipo "Poxaaa!!! Meu sonho!!!" Então... Sempre foi meu sonho conhecer Capri (dentre mais outros 847391 lugares)! É tanta coisa pra fazer na ilha que não caberia tudo aqui! E esse vou dividir em duas partes. Vou relatar como foi o meu passeio pra deixar aquela vontade no ar e vocês virem conferir o que não pode ser saciado apenas por fotos.




Quando eu cheguei aqui fiquei tão louca com essa beleza absurda (parece de mentira)! Só pensava em registrar tudo o que meus olhos não acreditavam ser real! E NÃO ESTOU EXAGERANDO! Depois quando fui ver as fotos não era nada parecido com tudo aquilo que eu tinha visto pessoalmente. É impossível transportar para um simples retrato a magia daquele lugar! A água é hipnotizante! Tem algo ali no fundo que puxa a gente! Eu ficava fixada olhando aqueles raios de luz, lá no fundo, azul celeste com verde (não sei) quase caí do barco! Sem palavras para descrever!


Vamos começar com: Como chegar em Capri? Só tem uma maneira de chegar em uma ilha! Eu fui de carro! (pausa dramática) ... até Napoles (o que você pensou? kkkk) e lá peguei um ferry para Capri. A travessia demora em média uma hora. A passagem de ida custou €20,00 e a volta €19,00. Tem transporte toda hora, sendo o último às 20h, mas é preciso antes confirmar os horários porque mudam frequentemente e o preço também, de acordo com a temporada.


Chegando em Capri descemos no Porto Marina Grande. Fomos logo comprar o passeio de lancha que fazem aqui. O mais completo é o Giro dell'Isola con Grotta Azzurra (€18,00), foi o que fiz e recomendo. É uma volta inteira na ilha, parando em uma fila razoavelmente grande de canoas para entrar na famosa Gruta Azul, onde pagamos mais outra taxa de €13,00. Quem não quiser entrar na gruta espera na lancha ou às vezes tem alguma disponível que já leva aqueles que ficam esperando diretamente para o porto.



Iniciamos o Giro já vendo no alto de uma pedra a escultura Scugnizzo, acenando e dando boas vindas aos turistas. E quem a sauda de volta retornará a Capri em breve, segundo a lenda. Um pouco antes desta estátua passamos sob uma grande montanha onde está uma das vilas (não dá pra ver nada da lancha) do Imperador Romano Tibério. Ele gostava tanto do lugar que construiu várias vilas pela ilha e se mudava constantemente, por medo de ser assassinado. Se até o homem mais poderoso do século se rendeu aos encantos de Capri, imagine nós, pobres mortais. Na época em que Jesus foi crucificado, Tibério era o Imperador de Roma (14 a.c. - 37 d.c.).






Os pontos turísticos desse passeio são: Escultura Scugnizzo; Salto di Tibério (Villa Jovis); Grotta Bianca (na foto acima); Arco Naturale; Casa Malaparte; Faraglioni (na foto abaixo). O Faraglioni é o cartão postal de Capri. São três picos de rochas saindo do mar, a primeira colada com a costa, se chama Stella (109m de altura), a segunda que tem um arco, Faraglione di Mezzo (60m de altura) e a terceira, Faraglione di Fuori (104m de altura). Os apaixonados devem se beijar quando estiverem atravessando o arco para eternizar o amor. Que fofo! <3



Seguindo o trajeto, depois do Faraglioni, passamos por Marina Piccola (foto abaixo). Uma miniatura de Capri, ainda mais charmosa, onde muitos famosos e milionários tem casas de veraneio. Existem várias trilhas e passeios para grutas, vilas, ruínas, praias, incluindo para Marina Piccola, através das montanhas, partindo de Capri. Como já disse, tem muita coisa pra fazer na ilha! Eu passei um dia e quando fui embora só tive uma certeza: necessito voltar aqui de novo e urgentee!! *-*




Não sei se vocês conseguiram entender essa foto, mas isso aí é uma lancha dentro de uma LANCHA. É muita ryquesa! Esses americanos, sempre humilhando... kkkk Depois dessa lavagem de ostentação passando pela costa da Marina Piccola, seguimos o roteiro: Grotta Verde; Faro di Punta Carena; e finalmente Grotta Azzura.

Gruta Verde


  Farol de Punta Carena

Conseguem ver os raios de luz na foto abaixo? Não?! Mas eu juro que eles estão aí! kkkkk Pessoalmente parece um mar de algum filme de magia! Fascinante!!!


A caminho da Grotta Azzura, o mar já comeca a ficar azul escuro bem vivo (fluorescente), Magnífico!
 


Pronto! Cheguei na entrada da famosíssima Gruta Azul e agora é aguardar minha vez para entrar numa dessas canoas. Esperei uns 30 minutos. E para aproveitar o clima de ansiedade que fiquei na hora prestes a entrar na gruta, vou finalizar no suspense a primeira parte deste post e nos encontramos daqui a 15 dias para o desfecho desse passeio. hahahaha Até lá! Ci vediamo tra 15 giorni! Non dimenticativi! :*

Hellooo, people! Aqui é Aline Tavares , na foto acima, de chapéu, fazendo cara de ryca, na lancha, navegando o mar mediterrâneo. Nossa...

4 comentários:

Aguardando...

Tâmara Lima disse...

Ain 😍 amei! Espero passar pelo arco com um boy❤ kkkkk Mulher, e essa cor do mar?! Apaixonada, me dá vontade até de ir nadar nele, uma pena q estou muy longe pra isso no momento. É, essa ilha tem seus encantos, esparando pra ir e tirar muitas fotos kkkk.

Aline Tavares disse...

😍❤️

Aline Tavares disse...

Hahaha Capri é pura magia! Com o boy do lado, melhor ainda!! 😍❤️